Jéssica Tavares

Aluna do 5° período do curso de Sistemas da Informação da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), acredita que na natureza da programação nada se conserta, tudo se transforma em gambiarra. Acha o mundo pythônico um país das maravilhas, nas madrugadas adora ouvir umas músicas tristes mas sempre procura ver o lado positivo da vida, gosta de uns filmes de herói e um rodízio de pizza.


Mídias